2017

O projeto AferBio é aceito pela Companhia de Desenvolvimento do Polo de Alta Tecnologia de Campinas.


Nesse mesmo ano nasce a empresa Aferbio.

AferBio começa a ser vendido por distribuidores

O fermentado é consumido por milhares de pessoas.

A empresa Aferbio firma parceria com um dos mais bem conceituados centros de estudos clínicos e pesquisas da América Latina, objetivo: Ensaio clínico randomizado para avaliar o impacto do uso do AferBio na qualidade de vida de pessoas debilitadas.

​​Sobre Nós e Linha do Tempo

Período de participações em congressos de nutrição clínica e de publicações de trabalhos realizados com o AferBio.

Década de 

60 e 70

Realização de pesquisas cientificas

2003

a

2006

1993

 a 

2000

O Ministério da Saúde adverte: "Não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças". Todas as informações contidas neste site possuem caráter educativo, não tendo a  intenção  de  substituir  orientação,  diagnósticos  ou  prescrição,  nutricional  ou  médica.

2008

a

2012

2000

a

​2002

desde 2002

Milhões investido em P&D

com isso é desenvolvido um

fermentado a base de cereais

Período de P&D para produção em escala industrial;


  • Envolvimento de Doutores em nutrição
  • Institutos de pesquisas​
  • ​Universidades 

A empresa Aferbio teve sua essência na década de 60 com o Bioquímico Antonio Roncolatto ( 1920 a 1993).

Antonio preocupado em desenvolver um composto nutricional com maior biodisponibilidade para o organismo, criou um processo de Biotecnologia (fermentação) que mais tarde poderia ser utilizado na obtenção de inúmeros produtos, um destes produtos é o AferBio.

                                                                                        Linha do Tempo:

2006

Após o falecimento do Bioquimico em 1993 a família recomeça do zero, e a partir do ano de 2000 é desenvolvido o projeto denominado AferBio. 

De 1970

a 1993

2002